Motor morre em movimento ou não pega ~ Defeito aleatório

| 19 de dezembro de 2013 | Nenhum Comentário

Mesmo após vários testes, nenhuma desconformidade foi detectada ou mesmo um código de erro.

DICA UNIVERSAL PARA TODOS OS MODELOS

Os defeitos aleatórios são uma grande dor de cabeça para quem trabalha com diagnóstico automotivo. Como monitorar um componente que falha de forma aleatória sem referência alguma de temperatura ou regime de trabalho?

Defeito:

O nosso caso de hoje é um Palio 1.6 16V que morria em movimento ou não pegava, e após inúmeros testes o defeito persistiu.

Testes:

Durante um longo Teste de Percurso o defeito se manifestou e o motor apagou e voltou a funcionar rapidamente e logo depois apagou de vez e ai foi possível notar que o sinal de RPM captado pelo Scanner estava irregular durante a partida, o que apontou de imediato para uma falha do sensor de rotação ou em suas conexões e componentes relacionados. Rapidamente entramos com o multímetro e descobrimos uma alteração na resistência do sensor. Antes da troca do sensor foi verificado a alimentação positiva e negativa do módulo de inejção e a continuidade dos cabos do sensor até a unidade de comando do motor, como também realizamos a abertura do cabo do sensor em busca de curtos nos fios internos, o que de fato é bastante comum em veículos da linha Fiat entre outras marcas.

Solução do problema:

Após a troca do sensor de RPM o defeito foi sanado, mas sempre indicamos a análise de todo o sistema relacionado antes da troca, pois o sensor pode apresentar uma falha por interferência de outros, erro de montagem,  sujeira, mau contato, interferências eletromagnéticas, ou mesmo estar se danificando por um curto ao circuito.

 

BANNER ARTIGOS

Tags: , , ,

Categoria: Artigos, Falha Motor, Injeção Eletrônica

About the Author ()

Profissional do ramo automotivo, dedicado a fornecer as informações necessárias, para a construção de uma relação positiva entre os consumidores e reparadores.