Freio Traseiro – Características e Defeitos Perigosos

| 2 de abril de 2013 | Nenhum Comentário

Se o pneu dianteiro não dura o que deveria ou a pastilha acaba muito rápido, pode ser sinal de falha no Freio Traseiro!

O freio traseiro geralmente é desprezado em revisões, devido à necessidade de desmontar o tambor, mas é importante analisar muito bem este sistema, já que uma falha na traseira pode colocar sua segurança em risco no momento de uma frenagem simples, imagine então em uma frenagem de emergência!

A regra é clara. O freio traseiro breca proporcionalmente menos que a dianteira, mas isso é calculado e equilibrado por algumas válvulas proporcionadoras para evitar que o veículo saia de traseira. Mas atenção, pois a sua ação durante a frenagem é fundamental para que o veículo pare no momento desejado.

Um sintoma muito comum de falha no sistema de freio traseiro é o desgaste prematuro dos pneus, freios e suspensão da dianteira. Ao frear, o peso do veículo deve ser distribuído corretamente entre o eixo dianteiro e traseiro, e quando isso não ocorre, são os freios, pneus e suspensão da dianteira que seguram o veículo, o que provoca uma diminuição da distância da dianteira do veículo em relação ao solo, provocando assim à abertura do angulo do câmber do veículo e consequentemente o desgaste prematuro dos pneus em seu ombro interno, com isso a durabilidade dos pneus dianteiros, suspensão, pastilhas e discos também trabalham excessivamente e sua durabilidade sofre redução. Outra vítima é o fluído de freio que sofre com o excesso de calor gerado pelas pastilhas dianteiras em atrito com os discos. Saiba mais sobre ajuste de cambagem…

Existem ainda falhas como vazamentos no sistema hidráulico de freio traseiro, o que inclui flexíveis e principalmente os cilindros (burrinhos), que podem provocar uma pane imediata, onde o pedal de freio pode baixar sem aviso algum, ocasionando uma falta total de freio. Outra falha bastante comum é a do veículo brecar com o pedal mais baixo do que o normal e caso o mecânico não inspecione o freio traseiro, ele poderá a substituir componentes como cilindro mestre, o que não resolverá o sintoma. O que ocorre nesse caso é que as lonas dos freios traseiros podem estar longe do tambor por causa de uma falha no regulador de freio, que faz com que o condutor tenha que pressionar o pedal um pouco mais para superar essa distância. Saiba mais sobre regulador de freio…

DICA: Ao inspecionar os cilindros, é preciso movimenta-los para diagnosticar um possível travamento das peças e não somente  fazer avaliações de possíveis vazamentos.

 Indicamos que sejam feitas inspeções regulares nos sistemas de freios traseiros ou em todas a trocas de pastilhas dianteiras, pois se o freio traseiro falhar, sua segurança correrá grande risco!


BANNER ARTIGOS

Categoria: Artigos, Freios

About the Author ()

Profissional do ramo automotivo, dedicado a fornecer as informações necessárias, para a construção de uma relação positiva entre os consumidores e reparadores.