Falhas eletrônicas causadas por aterramento.

| 19 de fevereiro de 2013 | Nenhum Comentário

Descubra que um mau contato na fase negativa pode provocar um colapso no sistema eletro/eletrônico de seu veículo.

Interface Bob 2000

Muitos profissionais que iniciaram seus estudos no início da chegada dos sistemas de injeção eletrônica se recordam que os manuais e cursos ministrados na época apontavam a obrigatoriedade de se avaliar o estado dos cabos de alimentação negativos e positivos em busca de falhas em sua alimentação ou resistência devido à algum mau contato e somente então é que se deveria buscar por falhas mais complexas em sensores, atuadores, ou mesmo em unidades de comando. Antigamente era comum a utilização de ferramentas como a saudosa Interface de Diagnóstico BOB2000 que podia ser instalada entre o plug dos cambos e conector do módulo a fim de se avaliar os sinais e alimentações que chegavam e saiam dos módulos de comando.  Essa ferramenta foi um grande aliado na fase analógica dos sistemas de controle que equipavam os veículos brasileiros entre os anos 80 e 90.

bob 2000 2Nesta imagem você nota que uma placa de testes fornecesse confortavelmente um acesso ao que ocorre nos cabo de entrada e saído do módulo, o que excluia a necessidade de se furar os cabos ou mesmo que o profissional precise ficar ajoelhado ou de ponta cabeça a fim de avaliar sinais de entrada ou saída. Os conectores do Bob2000 ficavam montados entre o módulo e o plug, e o sinal que ali transitava ficava a disposição do profissional. Naturalmente um problema pode ser por culpa, por exemplo, de um mau contato no próprio conector do módulo, mas quando a pane não ocorre ali, o uso do Bob 2000 era bastante prático e útil, mas infelizmente é uma ferramenta que ficou no passado.

scanner 2

Naturalmente o Scanner moderno utilizado nos sistemas digitais da atualidade superam a prática única dos testes antes executados a partir do uso do Bob2000 e um multímetro, mas imagine que além do uso do Scanner, o profissional pudesse se valer também do Bob2000 para avaliar os sinais de entrada de alimentações do módulo de controle, como a alimentação negativa e positiva constante, ou pós chave, e que ainda tivesse a oportunidade prática de avaliar o sinal real gerado pelas unidade de comando da forma confortável que é fornecida pela interface como a Bob2000, que pode colocar todo o fluxo do sistema em cima do banco do passageiro para deleite do reparador.

Hoje é fundamental que o reparador redobre a atenção quanto aos sistemas primários de alimentação dos sistemas de controle do motor, freios entre outros, e que pratique o uso do multímetro e osciloscópio de forma intensa da maneira que for possível, seja espetando cabos ou utilizando adaptadores, pois uma interface como Bob2000 não está mais disponível como no passado.

Note que muitos componentes antes movimentados pelo homem, motor ou mesmo pelo vácuo, agora passam a ser movimentados por motores elétricos e solenóides como, por exemplo, direções elétricas, freios, aceleradores e até mesmo válvulas termostáticas. Agora avalie a possibilidade de uma falha da fase terra comum de um atuador responsável pelo fluxo de liquido refrigerante do motor, e de um módulo de controle do sistema de freios ABS. A pane neste caso pode criar um defeito super complicado de se diagnosticar devido aos múltiplos sintomas que podem ser gerados, como um veículo que aquece somente quando o freio é muito utilizado ou de um motor que apaga quando o carro chega a temperatura ideal de trabalho.

Tenha atenção aos cabos negativos e positivos, e se você gostou dessa dica, por favor, compartilhe nas redes sociais e deixe seu comentário logo abaixo. Para perguntas clique aqui.


BANNER ARTIGOS

Tags: , ,

Categoria: Artigos, Elétrica, Falha Motor, Injeção Eletrônica

About the Author ()

Profissional do ramo automotivo, dedicado a fornecer as informações necessárias, para a construção de uma relação positiva entre os consumidores e reparadores.