Seu carro morre ou demora para pegar? Atenção à Bomba de Combustível

| 15 de outubro de 2013 | Nenhum Comentário

Os sintomas de uma bomba de combustível defeituosa podem gerar uma confusão e levar o reparador à trocar várias bombas ou mesmo peças da injeção eletrônica por engano.

bombaSeu carro perde força, morre e após segundos ou minutos volta a pegar? Atenção, pois pode se tratar de um defeito elétrico simples que começa a ocorrer pela falta de manutenção do veículo, ou seja,  um filtro de combustível de R$20,00 pode dificultar a vida de uma bomba de combustível que ao demandar maior corrente acaba superaquecendo os contatos elétricos da bomba, mas atenção, pois esse mau contato ou melhor carbonização dos contatos elétricos pode estar ocorrendo dentro do tanque de combustível, sendo assim sugiro que seu reparador tenha atenção aos pequenos chicotes elétricos que acompanham as bombas novas, já que é muito normal o reparador ignorar a necessidade de troca desse componente, o que no final poderia ter evitado o terrível mau contato que faz com que muitos veículos parem de funcionar de forma intermitente e que acima de tudo deixa muito reparador de cabelos brancos.

O mau contato elétrico interno ao tanque só pode ser avaliado com a desmontagem do módulo de combustível que em muitos casos é uma verdadeira operação de guerra que demanda grande atenção aos detalhes, pois alguns tanques podem até se deformar durante a operação e passarem a vazar.

Um fusível derretido ou mesmo um mau contato interno à caixa de fusíveis também pode incomodar muito, mas espero que você tenha sacado que um dos grandes culpados é o filtro de combustível, opa eu não disse filtro de óleo, e sim filtro de COMBUSTÍVEL!!!!

Tubulações dobradas, pré filtros internos ao tanque e em reguladores de pressão também podem dificultar a vida da bomba e demandar mais corrente e novamente os contatos elétricos é que dançam.

ANDAR NA RESERVA QUEIMA A BOMBA?

Essa lenda é um achismo dos mais lascados que rodam por ai, pois a bomba é condicionada em uma estrutura que a mantém submersa até o último litro de combustível graças ao seu copo que recebe todo o retorno do combustível e uma válvula que impede que o copo se esvazie o que permite que você faça curvas com pouco combustível sem que o motor apague devido a rolagem do combustível, mas claro que em algum momento a bomba vai ficar sem gasolina para bombear, então evite a pane seca andando acima da reserva 🙂

MANGUEIRAS

Mangueira é um outro problema recorrente da falta de atenção/conhecimento de alguns reparadores, pois todo e qualquer vazamento interno ao tanque causará dificuldades na próxima partida, isso sem falar na primeira partida do dia que pode necessitar de várias tentativas até que a bomba consiga encher toda tubulação até os bicos e formar a pressão necessária para que o motor entrem funcionamento sem falar que a vazão necessária para suprir os bicos será dividida com enfadonho vazamento nas conexões internas ao tanque que estão vazando. Entre outras palavras, tenha grande atenção as braçadeiras que acompanham a bomba nova, já que estão lá para serem colocadas e não para fazer pulseira de lego.

DICA: Para monitorar uma pane elétrica na alimentação da bomba (lado externo), é indicado a ligação de uma lâmpada piloto no circuito de alimentação da bomba, ou seja, o profissional pode puxar dois fios junto ao conector externo do módulo da bomba até o painel do veículo e instalar um multímetro ou uma lâmpada piloto, pois assim no momento da pane, até o condutor poderá perceber se algo não vai bem e informar o reparador.


BANNER ARTIGOS

Tags: , ,

Categoria: Artigos, Falha Motor, Injeção Eletrônica

About the Author ()

Profissional do ramo automotivo, dedicado a fornecer as informações necessárias, para a construção de uma relação positiva entre os consumidores e reparadores.