Alto Consumo de combustível por danos nos cilindros

| 5 de junho de 2013 | Nenhum Comentário

Se você já trocou vários componentes da injeção eletrônica entre outros e seu carro continua beberrão, é melhor você atentar ao fato que problemas mecânicos também causam o consumo excessivo de combustível.

pistão

Naturalmente alguns dos componentes do motor podem ser classificados como itens de desgaste, afinal um dia eles vão precisar passar por manutenção, reparo ou substituição. Mas claro que dá para contribuir para o desgaste prematuro das partes móveis do motor, pois se você pensa que lubrificante de motor, aditivo de radiador e filtros são caros, é possível que você ache a retifica do motor 100 vezes mais cara.

A taxa de compressão ideal de um motor a gasolina/etanol seria algo em torno de 20/1, mas infelizmente tanto as partes móveis quanto os combustíveis atuais não suportam tal taxa para a queima de gasolina ou etanol. Uma taxa mais elevada pode trazer inúmeros benefício para a queima da gasolina, ou seja, diminuiria a emissão de poluente e aumentaria a eficiência do consumo do combustível, mas a temperatura na câmara de combustão passaria dos atuais >400ºC para algo em torno de >600ºC aonde a própria temperatura detonaria a gasolina antes mesmo do PMS ou do momento da centelha, mas logo os engenheiros devem resolver essa equação.

O pistão (embolo) tem várias características especiais e um dos maiores problemas é a temperatura ou deformidade de seu principal  parceiro, a camisa. Hoje alguns fabricantes já usinam as camisas levando em consideração seus pontos de maior deformação térmica, ou seja, não se trata mais de uma abertura perfeita e sim de uma abertura calculada, mas ai vem a primeira dica que trada do aperto dos parafusos do cabeçote. Os parafusos nunca devem sofrer um aperto maior do que o indicado pelo fabricante, pois essa prática pode deformar as camisas causando um dano irreparável aos anéis e pistões. Nos pistões encontramos o terrível desgaste em forma de faixas na lateral da peça, causadas pela deformidade da própria camisa. Tal deformidade pode ser ocasionada por uma retifica mal feita, aperto irregular dos parafusos e outros, mas tudo piora quanto essa camisa já sofreu um passe, pois sua medida mais fina irá se deformar mais facilmente sob o excesso de aperto dos parafuso. Os parafusos elásticos também merecem ser substituídos para que se evite danos ao sistema.

A falta de manutenção do filtro de ar também é um grande vilão, pois em microscópio é possível verificar que alguns contaminantes são mais resistentes do que o próprio aço e não podemos deixar de esquecer que um dano a caixa do filtro ou um duto avariado também permite a admissão de contaminantes e consequentemente o desgaste prematuro de anéis, pistões ou camisas.

CONSUMO EXCESSIVO DE COMBUSTÍVEL

O consumo excessivo de combustível nesse caso ocorre pela perda de compressão ocorrida pelo desgaste do conjunto, pistão, anel e camisa e se você está sofrendo para resolver um problema de consumo, é melhor ter atenção ao fato de que a frio o motor pode ter uma compressão e ao esquentar ele pode sofrer um prejuízo de taxa que só uma retifica resolverá, incluindo claro, a troca de inúmeras peças $$.


BANNER ARTIGOS

Tags: , , ,

Categoria: Artigos, Falha Motor, Injeção Eletrônica, Motor Mecanica

About the Author ()

Profissional do ramo automotivo, dedicado a fornecer as informações necessárias, para a construção de uma relação positiva entre os consumidores e reparadores.