O motor gira, mas não dá partida! Não entendeu?

| 13 de maio de 2013 | Nenhum Comentário

Descubra os defeitos mais comuns e a diferença entre não pegar e não dar partida!

 

Recebemos muitas perguntas assim:

Dr. carro, bati meu gol e agora ele não pega mais. Tudo funciona, o motor gira, mais não dá partida. o que pode ter acontecido?

Analizando a pergunta é possível se confundir na interpretação, pois se o motor gira, é  porque o motor de partida está funcionando, mas provavelmente ele não está é pegando!

Ao ligar para seu reparador de confiança, o proprietário precisa traduzir ao profissional o sintoma de seu veículo, e o que parece super fácil pode ser bem complicado, então vamos tentar sintonizar o entendimento.

 

  1. Viro a chave e não dá nada!

  2. O motor gira, mas não dá partida!

  3. Não está dando nada!

  4. Vira e não pega!

  5. Não dá partida!

  6. Dá partida e não pega!

 

Possível Tradução:

  • A chave é acionada e o motor de partida NÃO gira o motor, ou seja nenhum som, ruído ou movimento é percebido!
  • O motor de partida é acionado, gira o motor, mas este não passa a funcionar sozinho! (lembra falta de gasolina).
  • O motor de partida é acionado, gira o motor, mas em uma velocidade baixa, que parece culpa de uma bateria fraca!

Naturalmente existem inúmeras formas de se expressar em palavras a pane do veículo, e vale mais traduzir o sintoma com comparativos, por exemplo, parece bateria fraca, faz nhã nhã e não pega, o motor faz barulho, mas parece que está sem gasolina e etc.

Um profissional experiente vai se prevenir e levar ao socorro tudo que for possível, pois a comunicação poderá falhar e socorrer um carro com a bateria fraca e não ter um cabo de chupeta a mão ou uma bateria carregada pode ser bem ruim e tornar o atendimento bem mais complicado. Mas se tudo der certo o profissional vai coletar o relato do acontecimento para que, por exemplo, não de partida em um veículo que tenha passado por enchente, já que isso poderia causar a quebra das partes internas, ou seja, em um papo de amigo o defeito pode até mesmo ser resolvido, pois descobrir que uma criança esteve brincando anteriormente no veículo, pode levar o reparador a uma inspeção da chave do veículo, e descobrir que o chip do imobilizador está passeando na barriga do pimpolho, ou seja o problema é resolvido com uma nova cópia do chip ou o resgate do original! Já que falamos de imobilizador é bom lembrar que esse chip preso a chave pode ser danificado facilmente em quedas e a dica é proteger a chave de lançamentos e quedas!

O reparador após coletar as informações básicas irá avaliar a bateria e o bom funcionamento do motor de partida e somente depois partirá para os sistemas de ignição e injeção dando aquela passada superficial pela mecânica e se tudo der certo ele poderá resolver o defeito ainda em sua residência ou não.

Dica: Evite o ACHÔMETRO, pois se você acredita que a bateria está boa só por que o farol funciona, é possível que você de uma informação incorreta ao reparador, e você vai descobrir que a corrente necessária para a partida é dezenas de vezes maior do que necessária ao acendimento do farol, e nesse caso o reparador terá que fazer duas viagens para resolver seu problema, já que o cabo de chupeta será necessário.

Clique aqui e confira vários vídeos sobre veículos que não pegam :)

Categoria: Elétrica, Falha Motor, Motor Mecanica